Manuscritos & História

CORTES (Hernan). Historia de Nueva-España. México. 1770.

O leilão começará em __ dias e __ horas

Preço base: €600

Preço estimado:

Comissão da leiloeira: 16%

IVA: Sobre a comissão apenas

CORTES (Hernan)

Historia de Nueva-España. Escrita por su esclarecido conquistador Hernán Cortés, aumentada con otros documentos, y notas por el ilustrissimo señor don Francisco Antonio Lorenzana. México: Imprenta del Superior Gobierno del Br. D. Joseph Antonio de Hogal, 1770.

¶-¶¶¶, A, ¶-¶¶¶¶, B-Z, 2A-2Z, 3A-3Z, 4A-4Z, 5A-5F, 5K-5O/2; [18 de 20], XVI, 388 [de 400], [20] pp., [1] f., 30 [de 31] gravs.: il.; 280 mm. Encadernação não contemporânea com lombada em pele; corte das folhas carminado; acidez; cortes de traça marginais.

Com as seguintes faltas: frontispício, cadernos 5G a 5I, substituídos por textos manuscritos, 3 gravuras e dois mapas, 1 gravura da “Cordillera…”

PRIMEIRA EDIÇÃO de uma das mais importantes obras relacionadas com a América e um dos mais belos livros impressos no México no século XVIII.

Contém a história da "Nova Espanha" escrita pelo explorador Hérnan Cortés e publica-se pela primeira vez a terceira carta de Cortés ao Imperador Carlos V com a descrição da sua viagem à península da Califórnia, acrescentadas das notícias das expedições feitas até 1769.

A obra vem ilustrada com dois mapas. O primeiro da "Nova Espanha" desenhado por José António Alzate, em 1769 e outro, porventura o mais importante, com a Costa Oriental do território, sendo o primeiro mapa onde aparece a palavra "Califórnia".

Além desses mapas, a obra vem ilustrada com com mais três gravuras, uma delas representando o explorador e mais 31 que reproduzem o códice "Cordillera de los Pueblos, que antes de la conquista pagaban tributo á el Emperador Moctezuma, y en especie y cantidad", gravadas por Villacicencio".

Obra muito rara, valiosa e importante pelo seu valor histórico e artístico.

¶ Palau 63204; Sabin 16938

 

Todas as informações contidas no site ECLÉCTICA LEILÕES® são sua propriedade exclusiva e não podem ser reproduzidas sem autorização prévia