Ecléctica Leilões

Voltar

9 de Abril

MANUSCRITO. MASSELIN (Jean). DIARIUM Statuum Generalium Franciz Habitorum Turonibus anno 1483. Regnante Carolo Octavo. s.l.. 1714

Lote:
370.009(72-18)
Leilão:
W370
Estado:
Terminado
Nº de Licitações:
0

Descrição

MANUSCRITO. MASSELIN (Jean)
DIARIUM Statuum Generalium Franciz Habitorum Turonibus anno 1483. Regnante Carolo Octavo. Authore Joanne Masselin officili archiepiscopi Rotemagensis, et Deputati ex Baillivatu Rotomagensi ad Status Rutonenses. Ex libris Ludovici le Bouthillier de Pont Chavigny. s.l.: s.n., 1714.

manuscrito sobre papel, 3 ff. não numerados, 175 ff. numerados 356 pp., com erros de numeração; 300 mm. Encadernação com lombada em pele, cansada; vestígios de rótulo com títulos a ouro na lombada; ligeira acidez.

Pouco se sabe acerca de Jean Masselin. Segundo a entrada no catálogo da Biblioteca Nacional de França, nasceu em 1433 e morreu em 1500. O autor da introdução da primeira edição francesa publicada em 1835 afirma que a primeira notícia que temos do autor data de 1468 quando era cónego da Catedral de Rouen descrevendo-o como um homem discreto e hábil, formado em direito civil e canónico.
Em 1483, depois da morte de Luís XI, assistirá às Cortes Gerais de Tours, deixando no seu diário detalhes importantes sobre este importante acontecimento para a história de França. Após esse evento, esteve activamente empenhado no governo da Igreja, falecendo em 1500.
Esta foi a única obra que nos deixou, sendo conhecidas várias cópias manuscritas. Escrita originalmente em latim, a obra é um diário completo de tudo o que se passou nas Cortes Gerais de Tours de 1483, dando conta dos discursos, usos e ideias políticas daquele tempo. Até 1835 apenas eram conhecidos excertos, na sua maioria publicados em obras sobre aquele período. Naquela data é então publicado o texto original e a respectiva tradução para francês na colecção ‘Collection de Documents Inédits sur l’Histoire de France’.
A presente cópia possui uma indicação valiosa sobre a sua origem. Segundo a descrição que se encontra no verso do primeiro fólio, a cópia foi realizada a partir de duas outras, uma pertencente ao bispo de Metz, duque de Coislin, Henri-Charles du Camboust de Coislin, e outra pertencente ao abade de Estrées, esta última com bastantes erros e perdas. Segundo a mesma nota, esta cópia foi realizada em 1714, comparando os dois manuscritos e socorrendo-se ainda dos excertos que haviam sido publicados até aquela data em obras que abordavam aquele período histórico.
Possui ainda um outro texto, inédito, que estava presente no manuscrito do Duque de Coislin intitulado ‘Memoire contenant diverse propositions faites aux dits estats tant par les grands du Royaume qu’autres princes estrangers’.

 


Todas as informações contidas no site ECLÉCTICA LEILÕES® são sua propriedade exclusiva e não podem ser reproduzidas sem autorização prévia


A Carregar Informação