Ecléctica Leilões

Voltar

30 de Maio

[HORAE BEATAE MARIAE VIRGINIS]. s.l.. s.d. [s.XV?]

Lote:
223.095(52-97)
Leilão:
S223
Estado:
Terminado
Nº de Licitações:
0

Descrição


[HORAE BEATAE MARIAE VIRGINIS]. s.l.: s.n., s.d. [s.XV?].
[134] ff.; pergaminho; impresso a negro, letras a vermelho manuscritas; 5 iluminuras de página inteira; 7 ff. com margens iluminadas; 175 mm. Encadernação inteira de pele do s. XIX, cansada, em especial na lombada; fólios de texto em bom estado, iluminuras com brilho e sem defeitos e maior; corte das folhas carminado.
LINDÍSSIMO LIVRO DE HORAS. Publicado sem lugar ou data, nem qualquer indicação de impressor, é possível verificar que foi impresso e iluminado para uso em região francesa uma vez que as rúbricas - notas impressas dando indicação ao suplicante de como rezar partes específicas das horas canónicas - estão em língua francesa, sendo por isso também provável que tenha saído de uma oficina daquela região. Os livros de horas da Virgem são uma sequência de orações dirigidas à Mãe de Deus para serem recitadas ao longo do dia a fim de que o fiel santifique-o, hora a hora, contendo também outras orações que ajudavam nas necessidades espirituais dos homens e mulheres da época medieval e da Renascença, sendo esse o exemplo dos salmos penitenciais ou do ofício dos mortos, os primeiros para ajudar o fiel a afastar-se dos sete pecados mortais, o segundo para rezar pelas almas do purgatório, normalmente familiares e amigos já falecidos. Os Livros de Horas impressos foram das obras mais produzidas pelos impressores e editores franceses durante a Renascença, tendo saído dos prelos inúmeras edições entre 1488 e 1568. A nova técnica de impressão, permitiu que o Livro de Horas chegasse a um público mais alargado. Apesar de alguns dos exemplares impressos se mantivessem no seu estado original, preto, impresso em papel e com capitais manuscritas e linhas de guia manuscritas, alguns foram ricamente iluminados por artistas e impressos em pergaminho para se aproximarem em aparência às versões manuscritas. Estes artistas eram muitas vezes iluminadores tradicionais, alterando as gravuras impressas consideravelmente, ou até sobrepondo-as totalmente com uma nova imagem, tornando difícil distinguir as ilustrações daquelas que se encontram em manuscritos. Adicionalmente, acrescentavam-se por vezes as marcas ou brasões de armas dos clientes. Desta forma, ainda que impressos, cada exemplar é único, variando muito na coloração, nos pequenos detalhes e até, em alguns casos mais raros, nas ilustrações. Num total de 134 fólios, este Livro de Horas possui um total de cinco iluminuras de página inteira, sete fólios com margens iluminadas com motivos florais, além das habituais letras capitais, neste caso em três dimensões diferentes. Além disso, o texto a vermelho é manuscrito. O presente exemplar está organizado da seguinte forma: f.1 e 2, manuscritos da época com orações em latim; f.3, calendário; f.15, Evangelho de S. Lucas; f. 16v., Evangelho de S. Marcos; f. 17v, Evangelho de S. Mateus; f. 18v, Oratio Beatae Mariae Virginis; f. 26, iluminura de página inteira da Anunciação; f. 41, Laudes, iluminado nas margens; f. 50, iluminura de página inteira do Nascimento de Jesus; f. 53v, 58, 60v e 66, iluminuras nas margens; f. 75 com parte final manuscrita com oração “Salve Regina”; f. 76, iluminura de página inteira; f. 85v, inicio da Ladaínha; f. 94v, iluminura de página inteira, Calvário; f. 97v, iluminura de página inteira, Descida do Espírito Santo (Pentecostes); f. 126 e 131 iluminuras nas margens; f. 134 manuscrito com a oração Stabat Mater Dolorosa.

 


Todas as informações contidas no site ECLÉCTICA LEILÕES® são sua propriedade exclusiva e não podem ser reproduzidas sem autorização prévia


A Carregar Informação