História; Livros Antigos

IESVS Cartas qve os Padres e Irmãos da Companhia de Iesus, q andão nos Reynos de Iapão escreuerão aos da mesma Companhia da India, e Europa. Em Coimbra. 1570.

O leilão começará em __ dias e __ horas

Preço base: €4,000

Preço estimado:

Comissão da leiloeira: 16%

IVA: Sobre a comissão apenas

IESVS Cartas qve os Padres e Irmãos da Companhia de Iesus, q andão nos Reynos de Iapão escreuerão aos da mesma Companhia da India, e Europa. Des do anno de 1549. ate o de 66. Nellas se cõta o principio, socesso, e bõdade da Christandade daquellas partes, e varios constumes, e idolatrias da gentilidade. Impressas por Mandado do Illustrissimo, e Reuerendissimo Senhor Dõ Ioão Soarez, Bispo de Coimbra, Conde de Arganil, &c. Forão vistas por sua Senhoria Reuerendiss. e Impressas cõ sua licença, e dos Inquisidores. Em Coimbra: Em Casa de Antonio de Maris, 1570.

A-Z, Aa-Zz, Aaa-Ggg8; ccccccvi, [2] ff.; 200 mm. Exemplar com falta dos 12 fólios preliminares; fol. 1com falta de uma parte da folha afectando o texto; fol. 2 com ligeiríssima perda de papel afectando um pouco o texto sem prejudicar a leitura; fólio de cólofon com perdas de suporte, sem afectar o texto; acidez; algumas manchas; encadernação inteira de pergaminho da época, muito cansada.

RARÍSSIMA E IMPORTANTE EDIÇÃO desta obra do século XVI. Apesar de algumas referências a uma edição anterior citada no catálogo da Academia, de Coimbra, 1564, Inocêncio afirma que tal edição não existe, tendo o autor do dito catálogo confundido um título castelhano desse mesmo ano e sobre a mesma temática.

Trata-se, portanto e provavelmente, da primeira edição da referida obra e da segunda variante, pois saiu o mesmo título com ligeiras diferenças, impresso pelo mesmo impressor e no mesmo ano (cf. Inocêncio, Anselmo 855).

A publicação das cartas dos irmãos Jesuítas no oriente constitui um importante legado, reflectindo não só o esforço evangelizador protagonizado pela Companhia fundada por S. Inácio de Loyola, mas também pelas interessantes notícias que dão das zonas do Oriente por onde estiveram, assim como a mentalidade dos evangelizadores europeus. O enorme sucesso das edições de cartas jesuíticas confirmam a apetência e o interesse de um público vasto para o tempo a tudo o que dava notícia desse longínquo e desconhecido mundo.

Será interessante, portanto, olhar para o conjunto de edições de cartas dos irmãos jesuítas no século XVI, contextualizando a presente edição no vasto plano da sua publicação.

A primeira edição de uma carta feita em Portugal, é dada a conhecer por D. Manuel (vd. D. Manuel, v. II, pp. 262-271) e tem por título Copia de una carta, que escriuio de la India el padre M. Gaspar de la compañia de jesus a los hermanos del collegio de Iesus de Coymbra: recebida el año de M.D.L. tresladado de Portugues en Castellano, impressa em Coimbra, provavelmente por João Barreira e João Álvares em 1550.

No ano seguinte publicaram-se mais os seguintes folhetos, todos de Coimbra e pelos mesmos impressores: Copia de una carta que embio de la India el padre Enrrique Enrriquez, de la compañia de Iesu al padre maestre Simon preposito de la dicha cõpañia en Portugal […]; Copia de unas cartas del padre mestre Frãcisco y del padre M. Gaspar, y otros padres dela compñia de Iesu, que escriruieron de la India a los hermanos del colegio de Iesus […]; Copia de unas cartas embiadas del Brasil por el padre Nobrega dela companhia de Iesus: y otros padres que estan debaxo de su obediecia […]. As obras possuem 8, 16 e 14 fólios, respectivamente.

Em 1555, também em Coimbra, por João Álvares saiu Copia de unas Cartas de algunos padres y hermanos dela compañia de Iesus que escriuieron dela India, Japon y Brasil alos padres y hermanos dela misma compañia en Portugal […], possui 33 fólios e a primeira carta escrita por Fernão Mendes Pinto com numerosas informações sobre o Oriente.

A primeira grande colectânea de cartas provenientes do oriente saiu em castelhano com o título Copia de algunas cartas que los padres y hermanos de la compañia de Iesus, que andan en la India, y otras partes orientales, escriuieron a los de la misma compañia de Portugal. Desde el año de M.D.LVII hasta el de lxj. Foi impressa por João Barreira e João Alvares em 1562. Por fim, antes da presente edição, saiu ainda em castelhano uma colectânea com todas as cartas publicadas anteriormente e exclusivamente oriundas do Japão Copia de las Cartas que los Padres y hermanos de la Compañia de Uesus que andan en el Iapon escriuieron a los de la misma Compañia de la India y Europa desde el año de M.D.XLVIII que começaron hasta el passado de LXIII, impressa por João Barreira e João Álvares em 1565 [o colófon é de 1564], sendo esta a edição apontada por Inocêncio ao referir o erro do catálogo da Academia. Saiu então a edição que aqui apresentamos, na sua segunda variante, constituída a colectânea por cartas escritas entre 1549 e 1566, a mais vasta até então publicada. De referir que só em 1588 se voltam a publicar cartas jesuíticas e só em 1598 sai dos prelos de Manuel de Lira, em Évora, a grande compilação de cartas do séc. XVI em dois volumes.

¶ Inocêncio, v. 2, C.212; Samodães, 612; Anselmo, 855; D. Manuel, 124

 

Todas as informações contidas no site ECLÉCTICA LEILÕES® são sua propriedade exclusiva e não podem ser reproduzidas sem autorização prévia